O Azul e o Sol

Um álbum de textos, livro de música, assim se apresenta o terceiro álbum de Saulo. “O Azul e o Sol” nasce do universo incrível da palavra e seus mistérios, mergulhada na riqueza de claves, timbres e harmonias da musicalidade ilimitada da Bahia.

O texto de “O Azul e o Sol” revela os caminhos que o álbum percorre ao longo de suas 16 faixas, cujos arranjos foram concebidos por diferentes arranjadores e gravados por uma diversidade de talentosos músicos, criando assim, uma variedade de ambientes nos quais as palavras podem se manifestar e proporcionar sensações únicas.

Idealizado por Saulo, produzido pelo músico e amigo Adriano Gaiarsa e realizado pela Rua15 Produções, “O Azul e o Sol” traz ainda o talento, a criatividade e o carinho de grandes artistas da Bahia, entre eles: Lazzo Matumbi na faixa “Ancestral”, Danny Nascimento na faixa “Mó”, Luciano Calazans nas faixas “Lábios Vermelhos” e “Ponte, Casa e Flor”, Fábio Rocha nas faixas “A Gente Leve”, “Vida Labirinto” e “Sol em Festa”, Gigi na faixa “Mó”, os Skanibais na faixa “Mundo da Lua”, Felipe e Gabi Guedes na faixa “Ancestral” e o grupo Muliere na faixa “Ponte, Casa e Flor”. Além dos parceiros e compositores como: Marcio Mello, Lau, Dom Chicla, Gerônimo, Ênio Taquari, Renan Ribeiro e outros músicos da sua banda. Essa reunião de forças tem como resultado um álbum que homenageia a cultura baiana, a vida e sobretudo, o amor…

Ouça em bit.ly/oAzuleoSol

 

 

LETRAS E FICHA TÉCNICA:

  1. O CÉU AZUL  ’35
  2. SOL EM FESTA  4’11
  3. DE REPENTE MENTE  2’29
  4. A GENTE LEVE  3’14
  5. MÓ  3’23
  6. VIDA LABIRINTO  4’03
  7. PONTE, CASA E FLOR   3’07
  8. INCRÍVEL SER   3’08
  9. LÁBIOS VERMELHOS   4’23
  10. ANCESTRAL   3’30
  11. DEIXA LÁ (DÊ XALÁ)   3’28
  12. TERRA NOSSA (AXÉ)   2’51
  13. MUNDO DA LUA   4’24
  14. SANTA CHAPADA   1’41
  15. O AZUL E O SOL   ’52
  16. (BÔNUS) QUE AMOR É ESSE?   3’01

FICHA TÉCNICA

Gravado, mixado e masterizado no JS Estúdio durante o período de Junho a Outubro de 2016 em Salvador – BA.

Direção Artística: Saulo
Direção e Produção Musical: Adriano Gaiarsa
Produção Executiva: JR
Assistente de Produção: Rogério Menezes
Clearances/Autorizações: Ademilton Santana e Camila Nascimento

Engenheiro de Gravação, Mixagem e Masterização: Jaksandro Silva
Assistente de Gravação: Branco
Assistentes de Estúdio: Mike Caldas, Natan e Ricardo Santos
Engenheiros adicionais: Daniel Suíno e Lalo Preto
Edições Digitais de Áudio: Kesser Jones, exceto nas faixas 8 e 12, editadas por Marcelus Leone

Participações especiais:
Danny Nascimento na faixa “Mó”
Lazzo Matumbi na faixa “Ancestral”

Capa e Design Gráfico: George Mendes

Músicos:

Saulo: Voz em todas as faixas ; Violão nas faixas 7, 11 e 14
Adriano Gaiarsa: Teclados nas faixas 2, 3, 4, 5, 6, 8, 11, 12 e bônus
Alan Toreba: Percussão nas faixas 2, 3, 4, 5, 6, 8, 10, 11, 12 e bônus
Alcione Rocha: Trompete nas faixas 2, 4, 8, 10, 11, 12, 13 ; Flugelhorn nas faixas 4 e 8
Anderson Silva: Bateria nas faixas 2, 3, 4, 5, 6, 8, 10, 11, 12 e bônus; percussão na faixa bônus
CH: Vocais nas faixas 2, 3, 4, 6, 8, 11, 12 e 13
Ênio Taquari: Percussão em todas as faixas, exceto 1, 13 e 15
Léo Pinheiro: Baixo nas faixas: 3, 4, 6, 8, 11 e 12
Marcelus Leone: Sax tenor nas faixas 6 e 12 ; Sax alto nas faixas 4 e bônus ; Flauta nas faixas 4, 5 e 8 ; Clarinete e vocal na faixa 8 ; teclados nas faixas 8 e bônus ; Trombone (MIDI) nas faixas 3, 4, 5 e 12; Trompete (MIDI) na faixa 3; Flugelhorn (MIDI) na faixa 5; percussão na faixa 11
Renan Ribeiro: Vocais nas faixas 2, 3, 4, 6, 8, 11, 12 e 13
Ronaldo Cavalcante: Guitarra nas faixas 2, 3, 4, 5, 6, 8, 11, 12 e bônus
Rudson Daniel: Percussão nas faixas 2, 3, 4, 6, 8, 10, 11 e 12

Saulo e banda: Arranjo nas faixas 2, 3, 6, 11 e 14
Marcelus Leone: Arranjo e produção musical nas faixas 8, 12 e bônus; Produção Musical na faixa 11; Arranjo de metais na faixa 3
Alcione Rocha: Produção musical na faixa 13
Músicos convidados:

Fábio Rocha: Arranjo, produção musical, guitarra e violão na faixa 4; Guitarras nas faixas 2 e 6: Solo de guitarra na faixa 6
Felipe Guedes: Arranjo, produção musical, baixo, guitarra e violão na faixa 10
Gigi: Arranjo, produção musical e baixo na faixa 5
Luciano Calazans: Arranjo, regência, produção musical e baixo nas faixas 7 e 9
Muliere: Na faixa 7:
Elisa Goritzki: Flauta
Yamila Maleh: Flauta
Gabriela Wara: Oboé
Indira Dourado: Clarinete
Ananta Diaz: Fagote
Sara Fernandes: Violino
Laila Rosa: Violino
Ana Florencia Paulin: Viola
Lais Tavares Gomes: Violoncelo
Tainnã Chagas: Percussão

Skanibais: Na faixa 13
Ito Bispo: Arranjo e sax tenor
João Teoria: Trompete
Kiko Souza: Sax alto
Léo Couto: Sax barítono
Gilmar Chaves: Trombone
Matias Traut: Trombone
Uirá Nogueira: Bateria
Alan DuGrave: Baixo
Marquinhos Oliveira: Guitarra
Juliano Oliveira: Teclado

Daniel Neto: Acordeão na faixa 8
Gabi Guedes: Percussão na faixa 10
Gilmar Chaves: Trombone nas faixas 9 e 13
Jota: Contrabaixo acústico na faixa 2
Kiko Souza: Flautas na faixa 9 e 10; Sax Barítono na faixa 10; Sax Alto na faixa 13
Matias Traut: Trombone nas faixas 10 e 13
Paulo Bass: Baixo na faixa bônus
Rudnei Machado: Flugelhorn na faixa 9
Tiago Coelho: Percussão na faixa 9
Vinicius Freitas: Sax barítono na faixa 9
Realização Rua15 Produções
JR, Edil Carregosa, Marcio Barreto, Sheyla Fernandes, Silvana Fernandes, Rogério Menezes, George Mendes, Adriano Gaiarsa e Luis Emanuel (Gugu).

Marcelus usa boquilhas Barkley, saxofones Antígua Pro-one e produtos da Saxshop
Léo Pinheiro usa Baixos Art Wood, cabos Santo Angelo e cordas Ernieball
Ênio Taquari usa instrumentos Gildo Cajon e New Groove
Ronaldo Cavalcante usa guitarras Elifas Santana (luthier)
Rudson Daniel usa instrumentos Contemporânea
AGRADECIMENTOS

A minha mãe( A Azul ) e a meu pai( O Sol )…à Deusa música, por mais um filho cuidado e querido…A Adriano Gaiarsa que viajou comigo até o Azul e o Sol com muito amor…aos músicos maravilhosos, ídolos, mestres…a Jaksandro Silva, pelo amor e som verdadeiros…a Danny, a Lazzo…pelas vozes fortes e lindas…obrigadooooo! 💙💛 Saulo

LETRAS

 

 

1. O CÉU AZUL
(Márcio Mello)
Bizarro – BR-WQ6-16-00001

O céu da Bahia é mais bonito que qualquer outro
Você precisa entender
Porque eu não saio daqui

Não é por falta de amor
Não é por não querer ir

O céu da Bahia é mais bonito que qualquer outro
O céu azul!

VOLTAR

 

 

2. SOL EM FESTA
(Saulo Fernades / Ênio Taquari)
Citação poema Meto-me para Dentro (Alberto Caeiro)
Rua 15 (Caco Music) / Domínio Público – BR-WQ6-16-00002

Foi ao mar pedir tempo ao tempo
Ver nascer novo sol em festa
Vida tem mil motivos pra sorrir

Só você pra transformar meu dia
Linda de viver, tanto que ilumina
Nem chegou…eu já lhe esperava

Quantas dores e alegrias
Fazem o amor valer?

A saudade que me tinhas
Eu tinha de você

Meto-me para dentro, e fecho a janela.
Trazem o candeeiro e dão as boas noites,
E a minha voz contente dá as boas noites.
Oxalá a minha vida seja sempre isto:
O dia cheio de sol, ou suave de chuva,
Ou tempestuoso como se acabasse o Mundo,
A tarde suave e os ranchos que passam
Fitados com interesse da janela,
O último olhar amigo dado ao sossego das árvores,
E depois, fechada a janela, o candeeiro aceso,
Sem ler nada, nem pensar em nada, nem dormir,
Sentir a vida correr por mim como um rio por seu leito.
E lá fora um grande silêncio como um deus que dorme…
E quando o sol se arretirou
Aquele abraço precisava

A vida vai seguir feliz
Iluminando nossa casa

VOLTAR

 

 

3. DE REPENTE MENTE
(Saulo Fernandes / CH / Alcione Rocha / Ênio Taquari)
Rua 15 (Caco Music) – BR-WQ6-16-00003

Foi amor ou coisa parecida
Foi surpresa bem-vinda
De repente mente clareou
Cabeça feita, bonita
Era dia mesmo, qualquer um
Dia solar, e eu, solidão
Toda gente sonha
Toda gente quer
Morar num coração

Vou juntar você no meu viver
Fazer por merecer sorriso de manhã
Bom levar
Deixar desarrumar e desobedecer
Razão demais pra que
Você valeu

Valei, valei-me Deus
Você valeu, valei-me Deus

VOLTAR

 

 

4. A GENTE LEVE
(Saulo Fernandes / Fábio Rocha)
Rua 15 (Caco Music) – BR-WQ6-16-00004

Sabe o que acontece quando a gente esquece de pensar
A gente desce do altar
A gente entende ver o mar
Sabe quando a gente esquece de tentar
A gente sabe se abraçar e se deixar levar
Sabe o que acontece quando a gente se despede de julgar

A gente leve / a gente leve / a gente amar
A gente leve / a gente leve / a gente amar

Sabe o que acontece quando a gente cresce
A vida é breve, o tempo segue
Sabe o que acontece quando a gente pede num sonhar
O universo bebe
A sorte se apercebe
Deixa a gente tentar

A gente leve / a gente leve / a gente amar
A gente leve / a gente leve / a gente amar

Sabe o que se sucede quando a gente cede ao perdoar
A gente aprende que a mágoa fere muito mais que machucar
A gente então aquece a alma, incandesce
A gente então esquece de lembrar
Sabe aquela alegria breve
Sempre breve que se quer eternizar
A gente aprende que a gente só percebe
Quando a gente é leve pra deixar chegar

A gente leve / a gente leve / a gente amar
A gente leve / a gente leve / a gente amar

Sabe o que acontece quando a gente esquece de sonhar
A cortina desce
A música prescreve
E o silêncio ocupa o seu lugar

A gente leve / a gente leve / a gente amar
A gente leve / a gente leve / a gente amar

VOLTAR

 

 

5. MÓ
(Saulo Fernandes / Gigi)
Rua 15 (Caco Music) / Gigistudio (Caco Music) – BR-WQ6-16-00005
Participação especial: Danny Nascimento

E quando a gente se encontrar
Vai rolar sorriso inteiro
E abraço de tempo parar
Tempo quer voar ligeiro
Pra mó de me chatear

Mas isso não vai suceder
A gente gosta de ter liberdade
E inventar uma eterna(idade)
Toda vez que o sempre vem

Menina, não solta minha mão
Já foi bater no teu peito, meu coração
Traquino, menino, daquele jeito
Já sabe o caminho de casa
Pra mó de chegar dona solidão

Mas o tempo, todo mundo
Toda gente tem pressa de amar
Enquanto a gente navega profundo
E espera abraçado, o amigo tempo passar

Pra mó de depois sorrir teu sorriso
Mó de depois sorrir
Mó de depois sorrir teu sorriso infinito

VOLTAR

 

 

6. VIDA LABIRINTO
(Saulo Fernandes / Fabio Rocha / Alcione Rocha / Adriano Gaiarsa)
Rua 15 (Caco Music) – BR-WQ6-16-00006

Hoje eu só quero um abraço
E aquele sorriso imenso
Pra poder seguir viagem
Sem perder a fé

Levar esse lugar
Pra onde Deus quiser
O sonho acalentar
Vida agradecer

Massa que eu tenho você
Nas horas sem fim
E quando a vida labirinto
Me tira a paz

No meio do sonho…tinha um ser humano
Mas louco é o amor
A confusão das coisas sábias

e eu sei do nosso bem…

Porque eu estou sempre aqui
Porque sei que estás também

Porque eu estou sempre aqui
como sei que estás também

Como eu estou sempre aqui
porque sei que estás também

VOLTAR

 

 

7. PONTE, CASA E FLOR
(Saulo Fernandes)
Rua 15 (Caco Music) – BR-WQ6-16-00007
Oh! Menina
Cuida do jardim
Pra borboleta voltar
E não ter mais que correr
E só ter tempo
De sonhar pra sempre
Menina flor que ama o sol
Chora…quando a noite vem
E agradece o coração que tem
Ela merece tanto
Ela é tão grande
Que nem percebeu
Que um sorriso seu
Transparece sabor particular
Ela que navega por rosas
Vermelhas raras
Ri dos beijos previsíveis
E avança ao acaso
Pronta pra voar
Pelo incondicional
“Ela é tão bonita
Que eles a ressuscitarão”
Por isso cante menina
Que o mundo gira mais leve
E toda gente percebe
Que tens o dom de encantar
Cante que a vida é ciranda
E saia de renda é pra roda
Da vida que nasce criança
Ainda é ponte, casa e flor

VOLTAR

 

 

8. INCRÍVEL SER
(Saulo Fernandes)
Rua 15 (Caco Music) – BR-WQ6-16-00008

Acho que ela não acha mais nada
E nem procura saber
Responde por si
Trata de viver a vida suave
Na sensibilidade
Segue sorrindo…Espírito lindo
Cabeça erguida…Coração na frente
Dela é todo céu
E seu amor é livre
Amém! Está tudo bem
Imperfeito como é
Nada de mais
Só um pouco de nós
Que o tempo amigo desata
E vai pela parte bonita
Diz que não entende nada
Mas tudo lhe encanta
E leve, a vida canta
Incrível ser
De luminosa/maravilhosa cor
Quando ela sorriu
Meu coração fez festa
E agradeceu ao amor

VOLTAR

 

 

9. LÁBIOS VERMELHOS
(Gerônimo Santana / Luciano Calazans)
Direto aos autores – BR-WQ6-16-00009

Lábios vermelhos
Um beijo no espelho
E o sabiá cantou
O sol nascendo
O olho mareja
É dia de amor
De Amor
Todo tempo é de amor

Solta os cabelos
Um jeito suave
Um sabor de hortelã
Perfume doce alfazema
Princesa é dia de amor
De amor
Todo tempo é de amor

Ijexá
Uma palavra negra dor
Me deixa afogar, me jogar nas ondas

E deslizar na espuma
Seu corpo sereia do coral
Pesco um desejo singelo
Cantando-a no fundo do quintal
E te amar
Pra sempre te amar
Deixa eu cantar a praieira
Sereia na beira desse mar
Toda beleza do mundo
E a cor do oceano em seu olhar
E te amar
Para sempre te amar
Para todo o sempre te amar

Xorodoyá

VOLTAR

 

 

10. ANCESTRAL
(Saulo Fernandes / Ênio Taquari / Anderson Silva / Lazzo Matumbi)
Rua 15 (Caco Music) / Direto ao autor – BR-WQ6-16-00010

Ancestral
Me diz o caminho da música
Me lava com a força do axé
O amor da natureza
Me árvore sabedoria
Planta-me uma semente
De paz eterna

Protege o meu povo

Ancestral
Me fale de respeito
Me ensina a lição dos mestres
E das crianças do teu céu Oxalá
Me mostra um lugar seguro
Pais de nós, iguais na fé

Proteção para o povo
(Protege o meu povo)

Ancestral
Acalma minha dor
Que do outro lado do oceano
Não basta o peixe
Pra quem sabe pescar
Tambor fala pra o irmão
Que da voz da canção
Ensina-me o começo da vida

O Amor do meu povo
Protege o meu povo

Resiste meu povo!!!

Proteção para o povo

VOLTAR

 

 

11. DEIXA LÁ (DÊ XALÁ)
(Dom Chicla, Ênio Taquari, Saulo Fernandes)
Rua 15 (Caco Music) – BR-WQ6-16-00011

Dê xaláááá, dê xaláááá…

Satisfação, batuque a cores
Quero lhe dizer
Ô me perdoe, a garganta quer trabalhar
Na trança branca nagô
De Berlim a Salvador
É certeza no amor

Essa canção, esta canoa
Dá pra nós viver
E no balaio perfumado, som de Odoyá
No canto negro senhor
Procurar quem guardou
Povo livre chegou

Canta pra colher
Certo quem foi lá plantar
Deixa lá render
Florescente luz de Jah

Ô dê xalá, Ô dê xalá…

Voz de agradecer
Trago trigo, pão “pa” dar valor
Sem carecer
Santo sopra vento coração

Ô dê xalá, Ô dê xalá…

VOLTAR

 

 

12. TERRA NOSSA (AXÉ)
(Saulo Fernandes)
Rua 15 (Caco Music) – BR-WQ6-16-00012

Na minha cabeça, o sol
Em todo lugar, a música
Alegria máxima
De todo dia
Bahia, Bahia, Bahia
Terra nossa
Ê Bahia…Ê Bahia
Ê Bahia…Bahia do tambor
Por que eu te amo Bahia?
É que quando chega fevereiro
A gente espera o carnaval chegar
Pra ser feliz e cantar…

Aê aê aê aô
Aê aê iôiôiô…
Alegria máxima
Maravilha música
De todo dia
Alegria pura
Pede pra sorrir
E pula, grita, chora
Chuva e canta a rua
E de novo ri
E eles todos, todos querem
Mesmo sol em cima da cabeça
Livre, livre, livre, livre
Nesse céu de encantos
Santos e magia
Sonhos tantos
Todos de caber no coração da Bahia

VOLTAR

 

 

13. MUNDO DA LUA
(Saulo Fernandes / Renan Ribeiro)
Rua 15 (Caco Music) – BR-WQ6-16-00013

Quando me faltar voz
Meus olhos vão saber falar
Quando me faltar o olhar
Minhas mãos alcançarão
Quando me faltar sorte
Meus pés irão mais longe
Quando me faltar verso
O silêncio vai ecoar
Quando me faltar dor
Minha pele vai saber trocar
Quando me faltar sangue
O amor que vai pulsar
Quando me faltar os cheiros
Ainda me lembrarei das cores
Quando me faltar saudade
Eu colecionei amores

Se me faltar companhia
Eu sigo comigo
Se me faltar direção
Seguirei os meus filhos

Quando me faltar segredo
Reinvento o mistério

Quando me faltar chão
Vou pro mundo da lua

VOLTAR

 

 

14. SANTA CHAPADA
(Saulo Fernandes / Lau)
Rua 15 (Caco Music) – BR-WQ6-16-00014

De “hojem” diante
De alma solar
Nascer da cor
De grão do rio
Santa Chapada, Jah
De gente boa, boa terra, generosa
Casa de cura, fruta doce do quintal
Abençoa cachoeira
Água doce, doce feito de coração
Água, água, água feita de coração
Altitude, tudo pleno
Picó, mocó…ontem
E agora o futuro é presente
É parte de tudo
E eu parto do nada pra ser infinito
Ser brigadista consiste em coragem
Arriscando a vida
Pela natureza mãe

VOLTAR

 

 

15. O AZUL E O SOL
(Saulo Fernandes)
Rua 15 (Caco Music) – BR-WQ6-16-00015

A saudade, o amor e o sorriso
O abraço, o infinito e a surpresa
O pé, a pausa e a porta
A ponte, o tempo e a pressa
A gratidão, o mar e o profundo
O pássaro, a flor e o eterno
A reza, o sim e a sorte
A beleza, o canto, e a cura
O velho, o espírito e a voz
A música, o servo e o instrumento
O vento, a direção e o encontro
A árvore, o livre e o chão
A folha, o barulho e a terra
O triz, o fio e o segundo
O instante, a luz e o mistério
O mundo, a menina e a fé
O sereno, a paz e a alma
A vida, a vida e a vida

VOLTAR

 

 

Faixa Bônus: QUE AMOR É ESSE?
(Saulo Fernandes)
Rua 15 (Caco Music) – BR-WQ6-16-00016

Fui me perguntar
Mas perguntar pra que?
Eu só consigo sentir…
Não tem nome, só tem sentido
Se tem encontros, se faz amigos
E faz chorar, rir, viajar de feliz
E eu vou além, não tô só, tenho mil companhias…tenho mil alegrias
Além do carnaval…

Que amor é esse?
Que fala no olho
E ganha um sorriso
Bonito meu
Que sopra no ouvido
Um canto preciso
De coisas lindas

Que sol é esse?
Que chega e aquece
O abraço, que é laço
Que é traço infinito
Do coração

VOLTAR